Cidade de SP exige comprovante de vacinação para entrada em eventos com mais de 500 pessoas

02/09/2021 - 17:02 - Notícias, Sala de Imprensa




A cidade de São Paulo começou a exigir, nesta quarta-feira (1º de setembro), comprovante de vacinação contra a Covid-19 com pelo menos uma dose para a entrada em todos os eventos com público superior a 500 pessoas. O “passaporte da vacina” poderá ser apresentado por aplicativo de celular, chamado E-saúde, ou em formato físico.

O prefeito Ricardo Nunes (MDB) chegou a afirmar que o comprovante seria obrigatório para bares, restaurantes e shoppings. Após pressão do setor, no entanto, a gestão municipal voltou atrás e definiu que a medida será opcional para esses estabelecimentos.

De acordo com decreto publicado no Diário Oficial de sábado (28), a obrigatoriedade do comprovante valerá para shows, feiras, congressos e jogos. Para os demais estabelecimentos e setores, o passaporte será apenas “recomendado”.

Em caso de descumprimento, há previsão de interdição do local e multa que varia de acordo com o tamanho do estabelecimento. São as mesmas punições estabelecidas no início da pandemia pelo decreto nº 59.298, de 23 de março de 2020.

Embora os jogos constem no novo decreto da prefeitura, o estado de São Paulo ainda não liberou totalmente a presença de torcidas nos estádios.

O governador João Doria (PSDB) havia afirmado que isso só aconteceria depois de 1º de novembro, mas abriu exceção para o jogo entre Brasil e Argentina que acontecerá no próximo domingo (5 de setembro).

A gestão estadual encerrou em 17 de agosto as restrições da quarentena para limite de horário e de público nos estabelecimentos e serviços. Shows com público em pé e eventos com aglomeração, no entanto, continuam proibidos pelas regras estaduais. O uso de máscara também segue obrigatório em todo o estado.



Como baixar o “Passaporte da Vacina”

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, os participantes dos eventos poderão baixar o QR Code do “passaporte da vacina” no aplicativo E-saúde, da Secretaria Municipal da Saúde.

É necessário fazer um cadastro com dados do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), data de nascimento, nome completo, e-mail e telefone.

Caso não tenha acesso ao aplicativo, também é possível apresentar o comprovante físico que é entregue no momento da imunização.

A Secretaria Estadual da Saúde também oferece o comprovante de vacinação em formato digital por meio do aplicativo do Poupatempo Digital.


Fonte: G1


Voltar para Notícias

Rua Jacofer, 615
Bairro do Limão
São Paulo - SP

Tel.: (11) 3488.9400

Newsletter CTN (Cadastre-se e receba nossas novidades)